PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Aleluia! Vereador chama a atenção para ossos jogados na rua



Não é de hoje que chamamos a atenção das autoridades para tomar providências contra a prática de jogar ossos na calçada por trás do açougue.

O vereador Diassis, na sessão da Câmara, de ontem (11), disse que viu as matérias do Blogger do J. Gomes e pediu que as providências fossem tomadas.

Possa ser que agora elas venham. Nem a Vigilância Sanitária, nem o Poder Público, fizeram nada até agora.

É bem verdade que os ossos são recolhidos, não ficam apodrecendo na rua como aconteceu, por várias vezes, na administração passada. O problema é que eles são jogados por lá de manhã muito cedo, e os cães fazem a festa espalhando os ossos pela rua.

Certo dia – sem nenhum exagero – um carro passava pela Rua Padre Isidro, e ao tentar desviar um osso – na verdade uma perna de boi – pegou de raspão e arremessou o osso contra a parede de uma casa abandonada, entre as residência de Francisco Sarmento e Zé Moreira. O impacto foi tão grande que derrubou parte do reboco. Se passasse uma criança ou um adulto no momento, com certeza teriam lesões graves que poderiam levar até a morte.

Por sugestão, já que a Vigilância Sanitária - pelo que se tem conhecimento - não tomou nenhuma providência, a secretaria de obras poderia dispor no local de um depósito grande para colocarem esses ossos até que fossem colhidos pelo carro do lixo.

Diminuiria, consideravelmente, o problema

Um comentário:

KALIANE SILVESTRE - FISCAL DE VISA disse...

É FATO QUE O SERVIÇO INTERNO DO DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE ALEXANDRIA NÃO É DIVULGADO, PORÉM SOBRE O ASSUNTO SUPRACITADO QUERO QUE AQUI SE TORNE DO CONHECIMENTO DE TODOS QUE A VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE ALEXANDRIA MARCOU UMA REUNIÃO PARA O DIA 26 DO CORRENTE MÊS, ONDE PARA A OPORTUNIDADE FORAM CONVIDADOS, REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO PÚBLICO, SECRETARIA DE AGRICULTURA MUNICIPAL, SECRETARIA DE OBRAS MUNICIPAL E CONVOCADOS TODOS OS MARCHANTES, COM O OBJETIVO DE FIRMAMOS UM TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA, SOBRE O PROBLEMA, TENDO EM VISTA QUE O TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA É TÍPICO MEIO ALTERNATIVO DE SOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE CONFLITOS: UMA VEZ PROPOSTO, ESPERA-SE QUE O COMPROMITENTE VÁ CUMPRIR AS EXIGÊNCIAS ESTABELECIDAS PELO LEGITIMADO-COMPROMISSÁRIO; DO CONTRÁRIO, O MOVIMENTO EXTRAJUDICIAL NÃO SE ESGOTA, NÃO SE FINDA, EXISTINDO A POSSIBILIDADE DE INGRESSAR EM JUÍZO VISANDO SUA EXECUÇÃO. DESTA FORMA A VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE ALEXANDRIA ACREDITA QUE O PROBLEMA SERÁ SANADO, UMA VEZ QUE PROVIDÊNCIAS ANTERIORES TOMADAS POR PARTE DA VISA NÃO FORAM SUFICIENTES PARA A CONSCIENTIZAÇÃO DOS MARCHANTES RESPONSÁVEIS PELA EXPOSIÇÃO DOS OSSOS EM VIAS PÚBLICAS. APROVEITO PARA AGRADECER A OPORTUNIDADE DE ESCLARECIMENTO.