PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quarta-feira, 7 de março de 2012

Lembrei-me de outra coisinha

Um cidadão alexandriense teve a idéia de começar um criatório de jumenta para servir leite para as crianças desnutridas.

Resultado: foi coberto de gozação. Para não receber o apelido de fulano das jumentas abandonou a idéia.

Quer saber sobre o leite de jumenta?

Uma jumenta dá em média 0.2 - 0.3 litros de leite ao dia. Dentre as espécies domesticadas, o leite de jumenta é o mais doce e o de composição mais próxima ao leite humano em nível de lactose, proteínas, minerais e omega3, é portanto o melhor substituto para o leite materno, tendo a vantagem de ser mais digerível por possuir menores teores de gorduras totais. Segundo algumas pesquisas o leite de jumenta pode inclusive servir de tratamento para doenças imunológicas. É um leite rico com mais lactose e menos gordura que o leite de vaca. Um estudo recente mostrou que o leite de jumenta pode ser utilizado por crianças com alergia à proteína do leite bovino.

Desde o antigo Egito o leite da jumenta é utilizado para a alimentação e para a fabricação de cosméticos. Dizem que Cleópatra, rainha do Egito, tomava banho com leite de jumenta para preservar a beleza e a juventude da sua pele. De acordo com a lenda, eram necessárias não menos que 700 jumentas para fornecer a quantidade de leite necessária para seus banhos diários.

Leite de jumenta também era usado na medicina, suas características curadoras  são conhecidas desde a antiguidade, quando médicos o recomendavam para uma grande variedade de doenças.  Hipócrates (460 – 370 AC), pai da medicina, prescrevia leite de jumenta com diversos propósitos, como para problemas no fígado, doenças infecciosas, febre, edema, sangramento do nariz, envenenamento, e feridas.

Aqui no Brasil, Lampião e seu bando tomavam leite de jumenta pela manhã para curar “Fraqueza dos pulmões”.

Mas, por aqui, além dos médicos que servem a determinadas distribuidora de remédios, outras fazem até campanha políticas distribuindo amostras grátis, o povo “modernizado” jamais aceitaria a sua vizinha fazendo gozações que o seu filho estava tomando leite de jumenta enquanto o dela tomava leite de gado (com piaba dentro).

Nenhum pai de família, mesmo sem condições de comprar um quilo de carne por semana, aceitaria receber gozações por ter matado um jumento para alimentar a sua família, preferem comprar um quitute (aquela latinha com carne moída, até do próprio jumento) e se o fizesse, poderia ir até preso por alguns frescos da sociedade protetora dos animais.

Nenhum comentário: