PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Região Oeste registrou 270 assassinatos em 2010

O ano de 2010 terminou há seis dias com números desanimadores no quadro da Segurança Pública. Após 365 dias do ano passado, o número de homicídios em Mossoró tomou uma proporção assustadora. Informações finais dos registros do Itep da cidade dão conta de que de primeiro de janeiro de 2010 até o dia 31 de dezembro, 270 pessoas foram assassinadas em Mossoró e Região. As estatísticas da violência urbana compreendem a Capital do Oeste e outros 67 municípios atendidos pela unidade pericial.

Os números também revelam que ano passado homicídios, só por arma de fogo, contabilizaram 230 vítimas, incluindo 12 mulheres. Já o trânsito vitimou 278 pessoas, totalizando 671 mortes violentas. Dados levantados pelo CORREIO DA TARDE dão conta de que Mossoró liderou as estatísticas com 148 assassinatos. O balanço final das estatísticas de óbitos e suas causas no ano de 2010 da unidade regional do Itep/Mossoró foi disponibilizado à imprensa na manhã de ontem (05). As estatísticas são ratificadas pelo sub-coordenador regional Otávio Domingos e de responsabilidade de Ana Cavalcante.

Ainda de acordo com os dados divulgados pelo Itep/Mossoró, dos 270 crimes de homicídios contabilizados na unidade pericial, 33 foram provocados por arma branca e sete causados por espancamentos, além dos 230 assassinatos oriundos de arma de fogo. Das vítimas dos homicídios, o sexo masculino predominou com 245 mortes. Em contraposição com o número de mulheres assassinadas que totalizou 25 vítimas do sexo feminino (incluindo armas de fogo e armas brancas). Segundo a polícia, a maioria das vítimas de homicídios são mortas por ordem de traficantes de drogas, em crimes motivados pela não quitação da dívida de drogas, especialmente, crack.
(Fonte: Diário da Tarde)

Nenhum comentário: