PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Curtas

Frase - Eu seria favorável se fosse para acabar os gafanhotos nacionais. Não apenas o gafanhoto biológico, aquele que come verdinhos, mas principalmente um outro tipo de gafanhoto, o que come verdinhas... Thomaz Nano, quando perguntado sobre uma MP de Lula para combater uma praga de gafanhoto no Senegal.

Fundador da revista Playboy - Hugh Hefner está prestes a se casar pela terceira vez. O empresário, que está com 84 anos de idade, postou em seu Twitter que ele e sua namorada, Crystal Harris, de 24 anos, ficaram noivos na noite de Natal.

Novo site – Alexandria conta agora com um novo site para quem deseja comprar ingressos a festas e até passagens. Clique AQUI e confira.

Da coluna de César Santos - Em janeiro de 2003, quando subiu a rampa do Palácio pela primeira vez, Lula prometeu acabar com a miséria no Brasil. Em janeiro de 2007, na posse do segundo mandato, renovou a promessa, afirmando que, se no final do governo tivesse algum brasileiro passando fome, não teria valido a pena ser presidente. Agora, a presidenta Dilma lança o “PAC da miséria”. Calote miserável.

Calendário do funcionalismo – A decisão da governadora Rosalba Ciarlini de pedir ao secretário estadual de Administração, sociólogo Manoel Pereira, que divulgasse logo o calendário de pagamento do funcionalismo para o ano de 2011, retira dos servidores aquela dívida cruel de que poderia haver atraso diante da quebradeira do Estado.

Disse o Papa - A mente de Deus esteve por trás de teorias científicas complexas como a do Big Bang, e os cristãos devem rejeitar a ideia de que o Universo tenha surgido por acaso, disse ontem o papa. “O Universo não é fruto do acaso, como querem que acreditemos’’, afirmou Bento 16.

Apenas para constar – A quem vocês devem ameaçar é o Ministério Público Federal. Ou então abrir processo por calúnia e difamação. Esse foi o número de IP de onde partiu a ameaça: 189.77.188.58 e entregue a quem compete apurá-las. Imagine se for de uma repartição pública!

Nenhum comentário: