PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

domingo, 4 de novembro de 2012

Faleceu o carroceiro do filme Inácio Garapa


Lamento em dar essa notícia.

Faleceu ontem o meu tio, Mundinho do Outeiro, como era mais conhecido, aos 63 anos. Ele foi fonte inspiradora para muitas das estripulias de Inácio Garapa, na primeira produção do filme que fiz em 2010.

Eu (J. Gomes) achei que poderia imortalizá-lo com uma participação no segundo filme rodado o ano passado. Achava-o um Inácio Garapa da vida, que ele tanto amava. Ele topou e foi uma emoção produzir a cena do carroceiro que conduzia Inácio Garapa em sua carroça imaginando que ele estivesse morto.

Mesmo sendo um homem de pouco estudo e nenhuma aproximação com qualquer ato que representasse a dramatização, ele concretizou a sua participação no filme sem repetir cena.

Já tínhamos um papel reservado para ele na terceira produção: um cangaceiro contador de peadas, algo que ele gostava de fazer com maestria.

Prefiro lembrar do meu tio assim, com a sua alegria e espontaneidade.
video

Nenhum comentário: