PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Livro vai mostrar a história dos patronos escolares do RN

livro contém 40 biografias de patronos de Grupos Escolares que ultrapassaram épocas, costumes, e viraram séculos. As biografias são escritas pelo professor e pesquisador Manoel Jácome de Lima, nascido em Alexandria (conhecido no passado como Barriguda), em 28 de julho de 1888, e falecido no ano de 1980.

O trabalho, embora remonte ao passado, deve ser encarado como algo novo no escasso conjunto de informações existentes sobre as Escolas Públicas. Tem caráter importante no campo pedagógico já que consegue responder perguntas incômodas em muitas unidades de ensino. Afinal, o aluno tem mesmo o direito de saber e a Escola a obrigação de conhecer quem foi e o que significou para a sociedade, o patrono que lhe dá o nome.

No âmbito privado, o patrono de uma Escola é algo difundido e bem trabalhado no sentido de fortalecer a própria unidade de ensino como um todo.

Já é mais do que hora disso acontecer no cenário público. A Escola que é, independentemente de onde esteja e da estrutura que tenha, uma referência na comunidade em termos de conhecimento e do saber, não pode desconhecer a história do seu próprio nome.

Daí a necessidade de um trabalho como esse, idealizado pelo professor Manoel Jácome há mais de 20 anos, ser ampliado e alcançar o maior número possível de patronos de estabelecimentos de ensino na esfera pública.  Seguindo esse caminho e fazendo com que os conhecimentos cheguem realmente a sala de aula, teremos os alunos do Padre Miguelinho, por exemplo, sabendo quem foi esse sacerdote que marcou época no catolicismo e na sociedade do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações do organizador, o advogado George Veras,  hoje tem aluno em determinada escola de Natal que desconhece a história do patrono da escola em que estuda. "Isso é um absurdo", diz.

Professor "dubas"

Conhecido como professor "Dubas", Manoel Jácome lecionou nos municípios de Alexandria, Luís Gomes, Pau dos Ferros e Natal. O trabalho de pesquisa do professor Manoel Jácome, que também atuou como dirigente escolar, busca a referência de vida dos patronos escolares e penetra na própria história dos municípios e comunidades.

Manoel Jácome chegou a publicar artigos com dados históricos e bibliográficos na Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte. Escreveu também a "Monografia do Município de Pau dos Ferros" e o trabalho de pesquisa histórica sobre o município de "Martins".

Atualização ortográfica

O livro, ainda sem nome, será editado pelo Instituto "Zulmirinha Veras", sediado em Alexandria, através da Coleção Poeta Vicente Lopes. O livro, autorizado por familiares do autor, tendo à frente seu neto, o professor Francisco França Jácome Barreto, está sendo organizado pelo advogado George Veras, presidente do Instituto.

O organizador está fazendo a atualização da ortografia empregada no texto, fotos e caricaturas dos biografados. Está também fazendo a atualização de notas sobre os estabelecimentos de ensino na atualidade. Algumas das escolas mudaram de nome e outras foram extintas.
(Tribuna do Norte)

Nenhum comentário: