PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Departamento da Vigilância Sanitária envia documento sobre o trabalho discutido na sessão da Câmara

A Vigilância Sanitária de Alexandria tem trabalhado de forma a contribuir com a qualidade de vida dos cidadãos, dos serviços e produtos oferecidos, evidenciando grupo de risco e as deficiências de cada setor.

Já foram realizadas várias capacitações dentre quais podemos citar pela relevância as com: manicures/pedicures, vendedores ambulantes, inspeções sanitárias, educação em saúde nas escolas com o tema: DENGUE, além da elaboração de um plano intersetorial para o combate da dengue. dentre outras ações. As medidas tomadas são embasadas nas normas de biossegurança e na legislação vigente, como forma de garantir a saúde da população e o conhecimento dos seus direitos como consumidores.

Dia 06 de maio foi realizada a 1ª etapa da capacitação e a avaliação das boas práticas em açougues e casa de carne no nosso município.

Com este trabalho estão sendo avaliadas às condições higiênico-sanitárias dos açougues, utilizando um “check list” durante as fiscalizações realizadas pelo departamento de vigilância sanitária da secretária municipal de saúde do município, se constatou que tanto as casa de carne e açougues analisados não possuíam licença de funcionamento emitida pela vigilância sanitária municipal e desconhece os procedimentos corretos, condizentes com o que estabelecem as exigências do código sanitário para casas de carnes ou açougues, diante desta situação, decidimos capacitar todos os manipuladores e proprietários de casas de carne e açougues. A 2ª etapa buscará suprir todas as deficiências encontradas, e divulgaremos quem este apto ao trabalho. Vale ressaltar a resistência por parte dos vendedores de carnes que dificulta a precisão do nosso trabalho como defensores da qualidade de vida e saúde da população.

E estamos à disposição para denúncia e quaisquer esclarecimentos,

Atenciosamente,

Departamento vigilância sanitária de Alexandria.

Do Blog: Georgia Lobo foi quem encaminhou o documento. Ela afirmou que o trabalho foi divulgado em rádio. Muito bom, mas deveria também ter sido divulgado na imprensa escrita, no caso de blogs ou sites. No rádio, quem estiver com ele ligado no momento toma conhecimento, o que não é o caso de quem não está acompanhando a programação. No caso dos blogs ou sites fica documentado para serem acessados a qualquer tempo.

Nenhum comentário: