PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sábado, 12 de março de 2011

Prefeituras em apuros

Neste dia 10 de março os municípios receberam a primeira parcela do FPM e a queda será de 37% com relação a fevereiro.

Os gestores estão em polvorosa.

A exemplo de Alexandria, o municípios de coeficientes 0.8 receberam do FPM R$ 172.741,04. Do FUS R$ 40.486,19 do Fundeb R$ 77.288,12.

No total R$ 290.515.35. É uma tremenda de uma ressaca carnavalesca.

Este blog conversou com o prefeito Alberto Patrício sobre essa queda drástica e ele disse que a situação é de desespero. Concluiu dizendo que se o município tivesse arcado com as despesas do carnaval passado, não teria como arcar com as dívidas, finalizou enfatizando que teve serenidade ao realizar o carnaval com recursos do Governo do Estado e iniciativa privada.

Além do mis, é bom lembrar que o RN e consequentemente os municípios foram quem mais perderam com o corte das verbas orçamentárias pelo Governo federal.

O ano parece que não vai ser fácil.

Ademais o Executivo municipal trava uma queda de braço com o SINDALE e uma greve dos professores. A rede municipal de ensino já está prejudicada.

A secretaria de Educação já constata que cerca de 102 alunos migraram para as escolas estaduais, devido a paralisação. Isso vai acarretar prejuízos e os reflexos serão sentidos em 2012. Sem contar que o coeficiente do município caiu para 0.8, trazendo um prejuízo no FPM de R$ 120 ao mês, consequentemente também uma redução nos recursos do Fundeb.

Eu cantei essa bola, cada vez mais se confirma o que eu disse o ano passado: os professores ainda vão amargar uma grande perda por terem pressionado a Câmara a não aprovar o Plano de Cargos e Salários do Magistério que tramitou na Câmara o ano passado.

E digo mais: caso a justiça dê ganho de causa ao Executivo que pediu a ilegalidade da greve, o prefeito poderá enviar, ainda este ano, já que não poderá ficar o tempo todo pagando o piso por força de decreto, um novo plano se adequando a realidade do município com o coeficiente 0.8.

Pior não poderia ficar. Mas sobre isso eu falo depois. Vou aguardar.

Nenhum comentário: