PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A burocracia e a fábrica de mentiras dos governantes

Em post anterior eu relatei sobre as catástrofes causadas pelas chuvas em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e outras.

Tudo acontece como um filme repetido, com a diferença de que, a do início deste ano, no Rio, é uma das maiores dos últimos 42 anos.

Nessas catástrofes naturais, enquanto o povo se une; se solidariza de diversas maneiras, os governantes fazem justamente a mesma coisa ano após ano: NADA!

Hoje a presidente Dilma Rousseff editou MP liberando R$ 780 milhões para ajudar os estados atingidos. Uma merreca, em comparado a liberação do governo anterior (também do PT) para ajudas humanitárias internacionais e perdão de dívidas.

Outro fato imoral, como noticia a imprensa nacional, é que o efeito dessa MP pode causar um impacto de que o governo está sensibilizado com o número de famílias que perderam tudo, até a vida e com o que ainda pode acontecer.

Citamos como exemplo o que aconteceu o ano passado em Angra dos Reis: atingida pelas chuvas no réveillon, ainda aguarda a liberação de R$ 30 milhões (38%) dos R$ 80 milhões prometidos ao município pelo governo federal. Segundo a prefeitura de Angra, R$ 50 milhões chegaram ao município, sendo que R$ 20 milhões foram liberados apenas na última semana.

Nenhum comentário: