PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sábado, 16 de outubro de 2010

O acinte

Ontem, assistindo o programa eleitoral dos candidatos à Presidência da República, depois de ter almoçado, tomei um susto enorme. Susto não por ver mais uma mentira, mais uma maquiagem, um plano eleitoreiro, uma armadilha para um novo mensalão. Não, nada disso. Pela primeira vez, na vida, pude sentir piedade do povo brasileiro. Esse povo que acredita em cegonha, em chupa-cabras, cativo do “Bolsa Família”, agora sendo usado na telinha para dizer que a Dilma Rousseff se equipara a Madre Teresa de Calcutá. Meu Deus do céu, onde estás que não olhas para estes inocentes?


Escolheram para fazer o teatro um senhor já de idade, parecendo, até, um trabalhador, não obstante com ar de debilóide, para falar que a Ministra Dilma Rousseff é uma grande mulher igual Madre Tereza de Calcutá. Isso a todo pulmão.


Gente, Madre Tereza de Calcutá foi uma missionária católica libanesa, nascida na República da macedônia e naturalizada indiana, beatificada pela Igreja Católica em 2003. Considerada, por alguns, a missionária do século XX, fundou a congregação "Missionárias da Caridade", tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de "Santa das Sarjetas".


A diferença é muito grande, é só ver a história de cada uma. Enquanto uma pegava em arma, a outra pegava na seringa para curar os enfermos. Enquanto uma gritava, humilhava, subvertendo a ordem, a outra orava, aconselhava, apascentava seu rebanho. Enquanto uma prega o aborto, a outra pregava o direito de nascer. Enquanto uma se apega ao cheiro azinhavre do dinheiro público, juntando-se a Erenice Guerra, a outra simplesmente, sem dinheiro algum, se juntava aos pobres e necessitados da Índia.

Vamos respeitar a sociedade brasileira. Todos não são tão imbecis como a patota do PT pensa. Por conta dessas coisas é que as pesquisas estão mudando.
(Do blog do Senadinho)

Nenhum comentário: