PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Curtas

Programa político – Seria bom que alguma instituição (que não esteja a serviços de governos) contratasse um instituto de pesquisa para analisar se a população liga a TV ou o rádio para assistir ao programa eleitoral gratuito. Parece que os partidos políticos já fizeram isso, pois estão com todo o gás.

Programa do PT – O programa de Dilma Rousseff, candidata do PT a presidência da República foi show de bola, ou melhor: de voto. O marqueteiro botou pra quebrar e a fala de Dilma relatando sobre a sua vida parecia trecho de filme, até as imagens pareciam de cinema.

Congestionamento – Nenhum blogueiro tem bola de cristal ou adquiriu o dom de adivinhar. Todos colhem informações pesquisando em um e outro blog, confirma os fatos e faz a sua própria matéria ou descreve, quando o blog é confiável. Mas o congestionamento de candidatos e notas políticas está embolando o meio de campo. Tem pra todos os gostos e poucas notícias do que mais interessa.

O Fernandão – Hoje à tarde estive no velho Fernandão, onde vários homens e máquinas trabalham para, em 40 dias, gramar o estádio construído pelo saudoso Mousinho Fernandes. Serão 9.000 metros de grama e um bom sistema de irrigação. O campo já havia recebido 1.200 caçambas de barro para nivelar o terreno.

Obras – Estive com o prefeito Alberto Patrício no estádio O Fernandão. Ele me dizia que além do gramado do estádio está em execução mais 11 obras no município. Entre elas a construção de dois Postos de Saúde e a ampliação do Centro de Saúde, pavimentações, terminal turístico do Sítio Pulgas, alargamento da Av. José Patrício Neto, entre outras.

Felicidade incompleta – Disse o prefeito que a sua felicidade por começar tantas obras não era completa porque não teve outra saída a não ser atrasar os salários dos servidores do município. O homem está indignado com o tratamento que o presidente Lula vem dando, principalmente com as quedas do FPM. Disse que não estava atrás de esmolas ou arranjando desculpas, queria apenas o que é de direito dos municípios.

Nenhum comentário: