PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

CURTAS

- Leia:
ALEXANDRIA - O ex-prefeito Nei Rossatto enviou correspondência a este jornal com a finalidade de esclarecer informações contidas em matéria publicada no caderno Cidades desta folha. O esclarecimento segue na íntegra: Veja matéria.

Está confirmada a antecipação do 13º salário pela governadora Wilma de Faria para segunda-feira dia 14.

- Mesmo com atraso quero parabenizar o amigo e colaborador deste trabalho, Bezeliete Simplício, pelo seu aniversário ocorrido antes de ontem. O amigo que parou (segundo ele definitivamente) com o esporte de arremesso de copo, tomou uma bela xícara de chá com bolacha para celebrar os 5.4 anos e foi dar aquela dormidinha básica, o que ele mais tem feito ultimamente.

- Com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância de uma fiscalização do governo por meio do chamado Controle Social dos Gastos Públicos, o Instituto de Fiscalização e Controle (IFC), entidade do Comitê Nacional do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), promove, junto com entidades parceiras, o Dia internacional Contra a Corrupção. O encontro será na Esplanada dos Ministérios, no gramado em frente ao Congresso Nacional, das 8h às 12h de 9 de dezembro, domingo.

- O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) anunciou agora há pouco em plenário que seu colega Pedro Simon (PMDB-RS) teria aceitado concorrer à vaga deixada por Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado. O petista, que distribuiu hoje (6) uma espécie de “lista de adesão” a favor da indicação de Simon para o posto, teria confirmado por telefone a aceitação do senador gaúcho. Veja matéria.

- Hoje no arquivovip, o nosso colunista Marcos Almeida atualiza a sua coluna com os acontecimentos sociais da semana. Confira

- Da coluna de Cláudio Humberto : “Garibaldi Alves (RN) não será presidente do Senado se depender da vontade de Lula. O presidente não esquece que certa vez precisou dele, convidando-o a assumir o Ministério da Previdência, e o senador potiguar roeu a corda (na época, por exclusão, o escolhido foi o ex-senador Amir Lando, de Rondônia). Lula tampouco esquece que na CPI dos Bingos Garibaldi acabou envolvendo seus filhos em suspeitas de corrupção”.

Nenhum comentário: