PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Dilma perdoou dívida de países africanos de olho em 2014



Você pode até questionar o que tem a ver o perdão da dívida de 840 milhões de dólares dada por Dilma a doze países do continente africano, com as eleições de 2014.

Simples: as empreiteiras, mineradoras e produtoras agrícolas, que fazem doações milionárias para as campanhas eleitorais, que querem atuar nesses países com financiamento do BNDES (o órgão acaba de aprovar a criação de um escritório de representação na África do Sul). Ocorre que a legislação impede a concessão de benefícios a nações com dívidas atrasadas junto ao Brasil. Ao abrir mão da cobrança dos débitos, medida que ainda precisa ser aprovada pelo Senado, o governo pretende remover essa barreira – e deixar o caminho livre para as empresas amigas.

Na verdade, não existe nada de compaixão do governo do PT com esses países africanos, com o nosso dinheiro.

Por outro lado, o nordeste do Brasil sofreu perdas incalculáveis com a seca. Bem que nós nordestinos não perdoássemos a candidata Petista em 2014.

Nenhum comentário: