PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sábado, 17 de março de 2012

"Nova direita" se organiza no país

Há uma nova direita tentando se organizar eleitoralmente no país.

O movimento é integrado majoritariamente por jovens, entre 20 e 30 anos, que não se identificam com os ideais da esquerda e tampouco se sentem representados pelos partidos já existentes.

São três as legendas em formação: o Partido Federalista, os Libertários (Líber) e o Partido Novo.

Em comum, eles defendem a redução de impostos e as privatizações.

Acreditam que o Estado brasileiro é “grande, oneroso, ineficiente e paternalista” e que o quadro político foi tomado pela esquerda.

A nova direita divide fóruns, redes sociais e blogs, onde os simpatizantes trocam ideias, discutem seus pontos de vista e arregimentam novos seguidores:

— Nossa lista de discussão reúne conservadores religiosos, simpatizantes do monarquismo parlamentarista, nacionalistas e principalmente liberais — diz Marcelo Mota, moderador do grupo Cons (Conservadores) na internet.

Entusiasta da nova direita, Mota é integrante da Juventude do Democratas em Minas Gerais, mas diz que compreende a tentativa de criar outras legendas.
(O Globo)

2 comentários:

manoel vieira de araujo disse...

Eu acho que tem que privatizar e reduzir os impostos. Acho que sou de direita| manoel vieira de araujo

Anônimo disse...

Por Gleyberson Gomes:
É isso mesmo. Vamos privatizar, reduzir impostos, reduzir o Estado, reduzir escolas, hospitais, policiais, estradas etc. Quem sabe nós não ficaremos como os EUA, com uma dívida de quase U$S 15 trilhões, 14 milhões de desempregados, um milhão e meio de miseráveis só em Nova York. A essa altura do campeonato defender a pauta neoliberal quando o próprio FMI a reconhece como maléfica é muito contracenso contra censo.