PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sexta-feira, 23 de março de 2012

CIED não está realizando consultas e exames pelo SUS. Atendimentos podem parar de vez se problemas não forem resolvidos


Desde o dia 9 de março que o Centro de Imagens Elizabete Dantas (CIED), não realiza mais consultas e exames de média complexidade.

Só do município de Alexandria, cerca de 800 consultas e exames mensais deixam de serem feitas, segundo Vandenberg Dantas (Berguinho), administrador do CIED.

Berguinho diz que os motivos da paralisação provêm dos recursos do SUS, que antes eram feitos pela própria Secretaria Estadual de Saúde e agora passam pela prefeitura municipal de Alexandria. Segundo ele somente ontem foram efetuados os repasses dos meses de janeiro e fevereiro.

Outro fator que provocou a paralisação são os valores pagos pelo SUS por consultas e exames. “Os médicos contratados pelo CIED não fazem mais consultas e exames pelos valores estabelecidos pelo Sistema Único de Saúde, eles estão cobrando até duas vezes mais. Para conseguir realizar esses atendimentos o CIED estava complementando essas consultas com recursos das consultas particulares”, disse Berguinho.

Para tentar solucionar o problema, uma reunião com o Colegiado Gestor está marcada para esta segunda-feira em Pau dos Ferros. Caso não se encontre uma solução, Alexandria e região vão perder muito, pois a grande maioria dos pacientes terá que ser transferidos para outros centos. Hoje o CIED realiza apenas consultas e exames particulares.

Quem também está lamentando muito são os proprietários de restaurantes da cidade, que se prepararam para receberem uma grande quantia diária de pacientes de outros municípios que se deslocavam até Alexandria para serem atendidos.

2 comentários:

Alvibar disse...

...Secretaria Estadual de Saúde e agora passam pela "prefeitura municipal de Alexandria. Segundo ele somente ontem foram efetuados os repasses dos meses de janeiro e fevereiro".... Seria uma insinuação de que a Prefeitura está retendo os repases ou foi tão somente a falta de complementação da notícia para torna-la mais esclarecedora?

Paulo Vitor disse...

Notícia ae quentinha nos, meus parabéns j. Gomes pelo seu trabalho!