PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Deu na Folha de São Paulo

De forma bem-humorada, integrantes do núcleo central do governo vêm usando títulos de filmes para enumerar, mês a mês, os obstáculos para a presidente Dilma Rousseff e os principais acontecimentos de 2012.

Às vésperas da reforma ministerial, brincam que, com tantos ministros herdados de Lula que foram caindo ao longo do caminho, o governo lembra o longa-metragem "O Curioso Caso de Benjamin Button", sobre um homem que nasce idoso e rejuvenesce a cada dia.


JANEIRO

"Será que Ele É"

Dilma terá de decidir se, em 2012, será a presidente do ajuste fiscal, como foi em 2011, ou se a do investimento. A decisão será importante para definir o ritmo de crescimento da economia

FEVEREIRO (1)

"A Volta dos Mortos-Vivos"

Congresso retorna do recesso insatisfeito com a torneira fechada de 2011 e com deputados e senadores preocupados em mostrar serviço -liberar

verba para suas bases eleitorais. Na pauta, assuntos espinhosos como o projeto que institui o fundo de previdência complementar dos servidores públicos, o Código Florestal e o reajuste do judiciário

FEVEREIRO (2)

"Edward Mãos de Tesoura"

Dilma deve concluir a reforma ministerial ainda insatisfeita com muitos que sobreviveram à navalha. Também pode mexer nos líderes do governo no Congresso

MARÇO (1)

"O Discurso do Rei"

IBGE divulga resultado do PIB de 2011. Dilma deve ir aos Estados Unidos para sua primeira visita oficial à Casa Branca, após reiterados convites do presidente Barack Obama

MARÇO (2)

"Pague para Entrar, Reze para Sair"

Começa a pré-campanha eleitoral

ABRIL

"Abril Despedaçado"

Governo não pode gastar nem aumentar salário por conta das eleições. Reunião do FMI em Washington sobre a crise internacional. Crise na Europa deve atingir seu ponto mais crítico.

MAIO

"O Poderoso Chefão"

Lula deve voltar à cena política. Alta ansiedade na equipe econômica. Momento de fazer as primeiras avaliações dos primeiros meses do ano: Brasil cresceu? Os juros caíram como o esperado? A inflação está desacelerando?

JUNHO

"La Dolce Vita"

Dilma ingressa na agenda internacional nas reuniões da Rio + 20, no Brasil, e do G20, no México.

AGOSTO

"Querida, Encolhi as Crianças"

Dilma manda Orçamento da União ao Congresso comos números cabalísticos da economia: ajuste ou crescimento?

SETEMBRO

"Conta Comigo"

Governo terá de ajudar seus candidatos a prefeito na reta final da campanha municipal

NOVEMBRO

"Inferno na Torre"

Planalto tenta convencer a base a aprovar todas as pendências de 2012 em um só mês

DEZEMBRO

"A Hora do Rush"

Governo tenta fazer tudo o que não fez o ano todo e corre para empenhar emendas para fechar as contas do ano

Nenhum comentário: