PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Vereadora Corrinha do PT escreve carta aberta depois do seu nome constar na lista de fraude do Concurso pelo MP


Eu, MARIA DO SOCORRO QUEIROZ SILVA (Corrinha do PT), quero com esta esclarecer o fato em que o meu nome, está constando na lista de beneficiários da fraude ao concurso público, realizado pela empresa MULTI-SAI em nossa cidade, contratada pela Prefeitura Municipal de Alexandria-RN. Para tal, quero pontuar razões para não ter participado desse ato de ilicitude e total falta de zelo pela coisa pública e pelo direito dos cidadãos Alexandrienses e demais participantes do referido certame; também reafirmar, o meu total apoio a ação do Ministério Público na pessoa e na seriedade do trabalho do promotor de justiça Sidarta John, e ainda, dizer que acredito e espero o aprofundamento das investigações como forma de fazer justiça aos verdadeiros culpados, aos cidadãos e cidadãs inocentemente envolvidos, como eu e mais alguns; que hoje, sofremos os danos morais, por estarmos com a nossa honra diretamente atingida, já que neste caso, estamos expostos ao jugo popular, que pela maioria em momentos, apóiam-nos por conhecer a nossa história de vida e por serem sabedores da nossa conduta ilibada durante toda nossa trajetória, mas em outros, as palavras são duras chegando a constranger toda a família, ou seja, os nossos pais, que nos passaram valores como: simplicidade, honestidade, verdade, justiça e respeito ao direito dos outros; os nossos filhos, que precisam receber de nós através do exemplo esta mesma carga de valores para sua formação, além de irmãos, parentes e amigos constantemente abordados por pessoas que põe em dúvidas o nosso caráter, fazendo-nos culpados do ato fraudador do concurso público do Município de Alexandria esse ato vergonhoso, danoso e criminoso o qual eu repudio em quanto cidadã atingida e representante da população no Legislativo Municipal de Alexandria-RN, ao mesmo tempo em que, me disponho a lutar junto com todos os outros prejudicados e o Ministério Público pela total apuração da fraude realizada no referido concurso, assim como pela justiça a ser feita aos reais culpados responsáveis por toda essa sujeira. Nesse sentido, disponibilizo ao Ministério Público e a todos os cidadãos a quebra do meu sigilo bancário nas contas nº 24191-1, nº 15912-3 da agência 1013-8 do Banco do Brasil – Alexandria/RN, nº 535-9, nº 10-0 da agência 0763 da Caixa Econômica – Pau dos Ferros/RN; dos telefones (pessoal) nº 84 9421-5213, residencial nº 84 3381-2609 e (trabalho) da Câmara Municipal de Alexandria nº 84 3381-2331, além dos computadores de uso pessoal: 2 Net books da marca Acer, 1 Computador fixo em minha residência; (do trabalho): 2 computadores da Câmara Municipal de Alexandria-RN. Assim como, reafirmo os seguintes pontos:
1.    Prestei o Concurso Público do Município de Alexandria-RN em 2010 para o cargo de Contador da Prefeitura, que tinha duas vagas para cadastro de reserva, para medir meus conhecimentos, já que havia concluído minha graduação em Ciências Contábeis a cerca de um ano da data do certame, até porque o salário oferecido no edital era de apenas 711,09 R$ para carga horária de 40 horas semanais, não correspondendo o seu valor a responsabilidade atribuída às atividades e a função do mesmo;

2.    Nunca Articulei qualquer forma de fraude com a Empresa MULTI-SAI e nem com a gestão que a contratou para realização do concurso, nem paguei nenhum valor a nenhuma pessoa de qualquer das entidades para auferir o resultado divulgado pela empresa e o município;

3.    Entreguei o meu gabarito no ato da aplicação das provas, livre de qualquer rasura, não sendo, portanto, responsável pelos atos posteriores a esse momento;

4.    Nunca foi criado vaga para o cargo de Contador da Prefeitura para o qual prestei concurso, portanto nunca fui efetivada para tal cargo, não tendo nunca recebido salários do município e nem tomado a vaga de ninguém;

5.    Nunca em nenhum momento, após saber do trabalho do promotor Sidarta John, na investigação das provas existentes a cerca da fraude, imaginei poder estar incluída na lista dos gabaritos alterados pela empresa, portanto reafirmo, não fraudei, não sou culpada;

6.    Como Vereadora ocupante de cadeira na Câmara Municipal de Alexandria-RN, nunca participei de discussão ou aprovação que decidiu pela anulação do Concurso Público Municipal de Alexandria-RN, o mesmo foi anulado por decretos assinado pelo Presidente da Câmara e pelo Prefeito Municipal;

7.    Como cidadã honesta e como representante do povo no Legislativo Municipal, jamais, concordaria em participar de qualquer ato lesivo ao direito do cidadão, portanto reafirmo, sou vítima e aguardo o resultado final das investigações, que com certeza separará o joio do trigo, apontando os verdadeiros culpados desta fraude do Concurso Público de Alexandria-RN.

2 comentários:

Lígia Maniçoba disse...

Realmente, é muito vergonhoso tudo isso que aconteçeu esperamos que ralmente as pessoas que se dizem inocentes consigam provar, e os que estudaram realmente sejam reconhecidos e convocados,parabéns DR. SIDARTA pela coragem de divulgar essa lista com tantos nomes envolvidos, vamos deixar de ser coniventes com as coisas erradas que nos beneficiam. Vamos acabar com a falta de vergonha que atinge nossa terra.

Anônimo disse...

SE NÃO ESTIVESSE SIDO DESCORBERTO A FRAUDE DO CONCURSO, MUITO EMBORA QUE NÃO RESOLVEU NADA, E AGORA OS PODEROSOS DIZEM EU NÃO ESTOU ENVOLVIDO EM FRAUDE.