PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

terça-feira, 5 de julho de 2011

Da coluna de Anselmo Góis - O Globo

Pró-memória - Abílio Diniz defende a ajuda do BNDES na compra do Carrefour com o argumento de que “o setor de distribuição de alimentos é estratégico para segurar a inflação, conter os preços”. Mas, no Cruzado, em 1989, o empresário teve de depor na Polícia Federal, acusado de sabotar o plano.

Segue…  A história está nas páginas 418 e 419 da biografia de Sarney, escrita por Regina Echeverria. Diz lá que a PF apreendeu 3,8 milhões de latas de óleo estocadas no depósito central do Pão de Açúcar, “enquanto nas lojas o produto estava em falta”.

Nenhum comentário: