PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Começando o dia

A terrinha amanheceu sonolenta, desde a nossa serra Barriguda, encoberta pela névoa depois de uma boa chuvinha de 19 mm.

Vejo na imprensa nacional que o governo federal poderá investir R$ 1 bilhão por ano até 2014 na melhoria da infraestrutura para que o país tenha maiores velocidades de internet nos próximos anos. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, levou uma bronca da presidenta Dilma Rousseff, e disse que recebeu orientações para que o país avance nesse setor. Está mais do que na hora, a nossa Internet ainda é movida a lenha e a banda larga implantada nas escolas é um engodo, funciona pior do que a Internet via rádio.

Quem vai no dia a dia ao supermercado sabe que os presos sobem quase que diariamente. A volta da inflação só o governo não quer enxergar. Sabemos também que a elevação dos preços dos combustíveis é o propulsor para a explosão dos preços das mercadorias. Pois bem, O presidente da  Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda, afirmou ontem, durante audiência pública realizada na Assembléia Legislativa, que, em vez de redução, a tendência em curto prazo é o aumento nos preços da gasolina e do álcool nas bombas.

Não seria mal lembrar que o preço exorbitante dos combustíveis no Brasil, elevando-o a categoria de um dos mais caros do mundo, se dá pela cobrança de impostos sobre os produtos da ordem de 75%.

Toda gozação com os flamenguistas é pouca. Com um pênalti roubado na última partida pelo estadual, mesmo assim não conseguiu reverter e se classificou em segundo do grupo. Ontem só empatou com um timezinho chamado Horizonte, pela Copa do Brasil. E tem mais, um jogador totalmente desconhecido do time cearense fez um salseiro na área flamenguista que originou o pênalti a favor do Horizonte e o empate em 1x1.

Previsões de chuvas hoje e no domingo de páscoa para o nordeste.

Nenhum comentário: