PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Em plena missa de sétimo dia, padre esbraveja contra Dilma e Henrique

Em plena missa de sétimo dia de morte, ontem na Igreja de São Geraldo, no coração do bairro de Nova Descoberta, o Padre Pio, celebrante da hora, passou da saudade de um dos mortos, o artista Jobecê, responsável pela pintura de murais da dita igreja, a pinceladas ácidas da política nacional e local.


Em plena homilia, sentado, Padre Pio começou alfinetando a presidente Dilma Rousseff.

Aos fieis, e aos saudosos familiares dos mortos, o padre disse que tinha visto uma reportagem na TV falando que "a nossa presidenta, ou presidentA" havia comprado um avião de 50 milhões de dólares, enquanto os políticos haviam acabado de aprovar um salário mínimo, "para os pobres", de R$ 545,00.

E do Planalto, o padre alemão futucou a política potiguar, ao lembrar que "o filho do saudoso Aluízio Alves votou esses míseros R$ 545,00"...
E enquanto os familiares ainda choravam a partida recente de entes queridos, o padre continuava dando uma geral pela política brasileira.
"Enquanto a presidenta voa nesse avião de 50 milhões de dólares, por aqui os corpos continuam apodrecendo no Itep", reclamou o padre...
(Fonte: Thaisa Galvão)

Nenhum comentário: