PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Deu no Blog do Josias

A Petrobras recorreu a uma portaria editada sob FHC para justificar a troca do nome do campo petrolífero de Tupi para Lula.

Trata-se da portaria número 90 da ANP (Agência Nacional de Petróleo). Foi editada em 31 de maio de 2000.

Traz a assinatura de David Zylbersztajn, o ex-genro de Fernando Henrique Cardoso que presidiu a agência petroleira na era tucana.

Em seu artigo 3º, a portaria anota: “No ato da declaração de comercialidade, o concessionário denominará o campo utilizando-se de nomes de aves brasileiras, quando se tratar de descobertas em terra, e nomes ligados à fauna marinha, quando se tratar de descobertas no mar”.

Assim, alega a Petrobras, o Lula que passou a dar nome ao campo de Tupi seria o molusco, não o presidente da República.

Em nota divulgada nesta quarta (29), a estatal formalizou a “declaração de comercialidade” de dois campos de petróleo do pré-sal.

Rebatizou o primeiro campo de Lula. Ao segundo, deu o nome de Cernambi.

É como são chamados, genericamente, os moluscos bivalves (com duas valvas, as cascas sólidas que revestem o corpo dessa espécie).

As lulas integram outra família de moluscos. Suas cascas são internas. O corpo externo é macio.

Em entrevista, Lula converteu em pantomima a explicação oficial: “Sinceramente, fiquei feliz. Obrigado, companheiro Gabrielli, por colocar meu nome", disse.

Ao endossar a Petrobras, Lula, o presidente, trocou as bolas. Chamou Lula, o molusco, de crustáceo:

"Fiquei orgulhoso. Não é o meu nome, é o nome de um crustáceo, o lula. Pensei que só tinha lula pequena, aquela que a gente faz isca...”

“...Esses dias, eu vi que tem lula de 17 metros, a lula colossal. Achei importante...”

“...A Petrobras, nos estudos que ela faz lá embaixo do mar, descobriu um tipo de rocha que tem nove coisas assim, iguaizinhas as minhas mãos".

Alheio à tentativa da estatal petroleira de atribuir ares de legalidade ao culto à personalidade de Lula, o DEM anunciou que vai ao Ministério Público.

Vice-líder do partido na Câmara, o deputado Ronaldo Caiado (GO) informou que protocolará na Procuradoria uma ação contra a homenagem mal disfarçada.

Nenhum comentário: