PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

terça-feira, 24 de julho de 2012

No TJ/RN muitos servidores recebem acima do teto


Cento e quarenta e um servidores e magistrados do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN) recebem salários acima do teto constitucional permitido ao Poder Judiciário, que é o vencimento de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 26,7 mil.

Os dados foram contabilizados pelo setor de Tecnologia da Informação da TRIBUNA DO NORTE a partir da lista divulgada sexta-feira passada (20) pelo próprio TJ/RN.

Os vencimentos, referentes ao mês de junho, chamaram atenção por um outro aspecto singular.

É que parentes dos magistrados, ocupantes de cargos de direção e de secretarias, ostentam remunerações próximas ou até mesmo acima do que recebem muitos juízes.

No âmbito desse grupo, não raro aparecem vencimentos que ultrapassam R$ 30 mil, R$ 40 mil ou até R$ 50 mil, como é o caso do subsídio recebido pelo desembargador Expedito Ferreira, o primeiro contracheque da fila.

A presidenta do TJ/RN, Judite Nunes, cujo registro salarial foi de R$ 40,1 mil, sustenta que os montantes superiores ao limite máximo permitido em lei são oriundos do pagamento de dívidas atrasadas ou indenizações. Essa verba estaria livre do cálculo do teto.

(Fator RRH)

Nenhum comentário: