PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Agricultor é preso em Vieirólis/PB por porte ilegal de arma e crime ambiental


Essa foi à manchete de um dos post do Blog Nosso Paraná, administrado pelo amigo Gilvan.

O porte de arma ilegal, em questão, uma espingarda bate-bucha velha e uma foice.

O crime ambiental: poucas rolinhas em uma sacolinha de plástico.

Vai passar dias na cadeia, ou quem sabe meses, pois a fiança para o crime ambiental é muito alta.

Supõe-se, que esse pobre coitado, estava caçando para poder comer um pouco de carne com a sua família. E por isso vai pagar um preço alto demais.

Enquanto isso, crimes de colarinho branco, que mata crianças, tira a saúde e a segurança do povo; quem os cometê-los, não sofrerá a pena imposta a esse simples caçadorzinho de aves para alimentar a família.

Quem mata um cidadão, com armas de grosso calibre, não vai receber a punição de quem usou uma bate-bucha para caçar e se o for, receberá um gordo salário – pago por nós contribuintes – enquanto o reles caçador vai deixar a sua família na miséria pelo simples fato da desinformação, ou quem sabe a fome.


3 comentários:

Anônimo disse...

Com todo respeito, mas os argumentos esposados aqui pelo Blog em favor do caçador e em desfavor da fauna e do Meio Ambiente são inconsistentes. Portanto, não merecem prosperar.

Hoje, no Brasil, ninguém passa fome. Os programas sociais do Governo Federal não permitem que ninguém passe fome no Brasil.

José Augusto

Joãozinho disse...

Só se é o senhor, Seu Zé Augusto, que não passa fome. Porque eu, morador de palafita, sem infraestrutura, água, luz e esgoto, estou lascado.

Anônimo disse...

Deve ser um sujeito preguiçoso que só gosta de pegar o prato feito.