PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Mais lenha na fogueira da greve dos professores

A Educação do Rio Grande do Norte é ruim, por causa de um histórico de greves. Esta é a avaliação da secretária estadual de educação, Betânia Ramalho, ao considerar que o histórico do Estado é muito desfavorável, uma vez que as paralisações da categoria são recorrentes e isso “faz com que a qualidade da educação no estado seja muito ruim”.

Para a secretária, a questão é que nenhuma outra administração estadual fez uma proposta como a apresentada pelo Governo do Rio Grande do Norte, de reajustar o salário em 34%. Entretanto, ainda há divergência em relação ao início do pagamento reajustado, uma vez que os professores tentam buscam a implantação imediata e o governo alega que isso não é possível por causa do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal e propõe implantar o aumento, pagando de forma escalonada em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Um comentário:

Anônimo disse...

Acho uma vergonha o governo querer parcelar um reajuste,quando sabemos q o governo de Vilma assinou até documentos concedendo aumento parcelado e n cumpriu,por isso q a nossa categoria n vai mais aceitar essa forma de aumento,já q nosso dinheiro é muito curto,e precisamos da implantação do piso nacional q foi aprovado e n querem implatar de imediato a greve deve sim continuar...