PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A gravidade da quebra de sigilo fiscal

O assunto domina a imprensa nacional. E tem que ser assim, o crime cometido é uma gravidade sem precedentes e deve ser uma preocupação de todos os brasileiros.

Isso é um abuso, um atentado contra a cidadania e põe em risco o estado democrático.

Até que se prove o contrário o crime é também político. Utilizaram a Receita Federal para quebrar sigilo de políticos ligados ao PSDB e contra a filha de José Serra.

O analista da Receita Federal que fez dez consultas a informações sigilosas de Eduardo Jorge é filiado ao PT desde 2001, segundo o Tribunal Superior Eleitoral.

O procurador que usou procuração falsa da filha de Serra é filiado ao PT desde 2003. A afirmação é do Tribunal Superior Eleitoral, mas o PT diz que filiação não foi efetivada.

Aonde vamos parar?

Nenhum comentário: