PÁGINA INICIAL NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA NOME DA CASA

sábado, 24 de julho de 2010

Munição de policiais pode ser colorida para identificar disparo

O chefe de Polícia Civil, Allan Turnowski anunciou nesta sexta-feira, a implantação de um novo recurso que possibilitará a identificação de munições através de uma marcação colorida.

O projeto inédito no Brasil é resultado de um convênio entre a Polícia Civil e o Laboratório de Síntese e Análise de Produtos Estratégicos (LASAPE) da UFRJ. A parceria desenvolvida com o pesquisador e professor do Instituto de Química da UFRJ, Cláudio Lopes, permitirá que as munições recebam cores diferenciadas e facilitem a identificação do autor do disparo com arma de fogo.

Segundo Turnowski, o objetivo do novo projeto que será financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), é dar mais qualidade ao trabalho da polícia. Ainda de acordo com o chefe de Polícia Civil, a idéia é que cada instituição tenha uma cor diferente nas balas para marcar suas munições.

O novo recurso depende ainda de uma aprovação do Governo do Federal para ser colocado em prática.
(Fonte: Caso de Polícia)

Nenhum comentário: